05/06/2015 - 16:06

Perspe(c)tivas com Carla Rodrigues Cardoso / Cem

cronicas-cc-perspectivas700

Cem

Esta é a centésima. A Nº 100. Permitam-me, por isso, congratular-me com esta aventura de quase seis anos, que começou a 14 de julho de 2009 e tem sido acompanhada desde o primeiro minuto por duas pessoas – a Ana Catarina Santos e Sousa e o Timóteo Rodrigues. As “Perspe(c)tivas”, de ambição quinzenal, têm tido uma vida errante, ao sabor do quotidiano – percurso só às crónicas permitido.

Sublinharmos o que é bom, o que nos dá prazer, o que nos faz feliz, é muito, mas mesmo muito importante. Tende-se a olhar sempre para o copo meio vazio e não meio cheio. Lembra-se o que correu mal, sofre-se, às vezes com ninharias, e esquecem-se os momentos de alegria.

Quase todos sabem que “bad news is good news”. Uma máxima relacionada com um entendimento dos média como “cães de guarda”, vigilantes dos poderes, logo, meios de denúncia do que de errado, de mau se passa. Este princípio positivo de defesa dos cidadãos tem, contudo, um lado negro. Felizmente, nem só coisas más acontecem. Felizmente, também muitas coisas positivas têm lugar com muitas pessoas, todos os dias. O retrato mediático, na ânsia de encontrar o “mau”, deturpa a realidade. E quantas vezes se ouve “já não posso com as notícias, é só desgraças”?

Os meios de comunicação social são janelas para o mundo. Retratar apenas o que é negativo leva a que as pessoas tenham a sensação de que a vida é aterradora, lança o pânico e o medo. Nada do que corre mal deve ser ocultado. Os média têm a obrigação de revelar tudo, por mais pavoroso que seja. Mas deviam ter o cuidado de dar também voz ao que corre bem, ao que é positivo, com o mesmo entusiasmo e frequência com que nos presenteiam com as “bad news”.

Precisamos de felicidade.

 

Diretora da Licenciatura em Comunicação e Jornalismo
Investigadora do CICANT - ECATI 
Coordenação Geral da Redação LOC

Subscreva às Crónicas do LOC (RSS) 

 
Lido 603 vezes Modificado a 05/06/2015 - 16:54

Parceria

logo-parlamento

Acordo Ortográfico

Os suportes comunicacionais do LOC são produzidos ao abrigo das regras estabelecidas no Acordo Ortográfico de 1990 e posteriores protocolos modificativos.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS