06/08/2009 - 13:37

Maior parque Ibérico de formação em televisão e Cinema digital

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias concluiu os trabalhos de construção e apetrechamento dos seus novos estúdios de televisão e cinema digital, num investimento total superior a 3 milhões de euros. Este investimento envolve a aquisição de equipamento HD e de produção cinematográfica e televisiva de última geração, já adequado às futuras condições da televisão digital e a um ambiente de produção audiovisual caracterizado pela convergência fixo-móvel.

146160_copyA Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias da Informação da Universidade Lusófona oferece atualmente três licenciaturas nestas áreas de formação – Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia, Animação Digital e Fotografia - bem como dois cursos de Mestrado – Estudos Cinematográficos e Sistemas de Comunicação Multimédia – e é a única escola em Portugal financiada pelo programa MEDIA da União Europeia e que possui o estatuto de membro permanente da CILECT – Confédération International dés Écoles de Cinéma et Télévision e do GEECT – Groupe Européen dés Écoles de Cinéma et Télévision. O investimento realizado visa reforçar o posicionamento da escola como instituição de referência nesta área de formação no nosso país e contribuir para o esforço de internacionalização que a Universidade está a realizar, nomeadamente em ordem a aumentar a sua capacidade de atratividade para estudantes estrangeiros.

O investimento realizado veio permitir a renovação completa dos estúdios da Universidade, que agora passam a estar totalmente equipados com tecnologia de Alta Definição, mas teve também como objetivo aumentar o parque de câmaras ENG da Universidade, agora aumentado com mais 15 Camcorder XDCAM HD da SONY, bem como o parque de equipamentos de pós-produção, agora reforçado com quatro estações Final Cut HD e cinco estações AVID Adreline HD

A Universidade adquiriu para o estúdio e para a régie quatro canais de câmara Sony HDC-1400, com Lentes da Fujinon e ligações em fibra óptica; uma mesa de mistura de vídeo da Snell&Wilcox, a Kahuna HD; uma Matriz de vídeo digital SD/HD-SDI com áudio embebido da Evertz; e 1 Gerador de Caracteres em HD-SDI  DEKO 1000 HY da AVID. Os monitores de vídeo são da gama de HD da Sony. Os WFM e Vectorscópio para video SD e HD-SDI com monição de áudio embebido e "on screen" são da Hamlet.

Para a área de Ingest/ playout a Universidade adquiriu um servidor Airspeed da Avid e um servidor dedicado para grafismo da Chyron.

Após este investimento o parque de equipamentos da Universidade fica a ascender a mais de 55 unidades na componente de captação ENG, essencialmente dos formatos XDCAM HD, HD CAM e HDV, e a mais de 40 estações na parte de pós-produção essencialmente constituída por equipamentos de topo e média gama da AVID suportados numa rede Avid Unity em fibra.

A Universidade Lusófona já tinha sido anteriormente a primeira escola do país a investir em alta definição ao adquirir a câmara HDCAM 750 da Sony e um conjunto de lentes prime da Carl Zeiss, orientada para os trabalhos dos alunos dos últimos anos das licenciaturas de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia e do mestrado em Estudos Cinematográficos.

Com este novo investimento, a Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias da Informação da Universidade Lusófona volta a colocar-se novamente na vanguarda da formação de profissionais em tecnologia audiovisual e cinematográfica, criando todas as condições para que os seus alunos se integrem perfeitamente no fluxo de trabalho de qualquer estação ou produtora do país ou da Europa. O investimento agora realizado corresponde à criação em Portugal do maior parque de equipamentos dedicados a formação audiovisual e multimédia na península ibérica e um dos maiores da Europa, fato esse que só pode contribuir em definitivo para a melhoria global da produção em Portugal e a para a capacidade de internacionalização dos nossos produtos e profissionais.

 

Lido 5422 vezes Modificado a 11/10/2010 - 15:39

Parceria

logo-parlamento

Acordo Ortográfico

Os suportes comunicacionais do LOC são produzidos ao abrigo das regras estabelecidas no Acordo Ortográfico de 1990 e posteriores protocolos modificativos.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS