Eventos

  • Próximos

  • Agenda

<<  Maio 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
  1  2  3  4  5  6
1314
15161718192021
22232425262728
293031    
16/11/2015 - 17:35

II Congresso Internacional de NetAtivismo

Decorreu entre o passado dia 5 e 6 de Novembro, nas instalações da Universidade Lusófona do Porto, o II Congresso Internacional de NetAtivismo sobre Ativismo em rede, organizado pelo Centro de Pesquisa ATOPOS. Esta iniciativa realizou-se, simultaneamente, em Roma, em Paris e em São Paulo, no Brasil. A promoção do debate público sobre as potencialidades das redes e os seus possíveis efeitos na sociedade era o principal objetivo deste encontro.

A ligação entre o mundo tradicional e a rede, que remete para uma permanente presença num mundo digital, esteve presente neste momento de partilha de conhecimentos e difusão de ideias. Organizado em 4 Sessões Plenárias, com a alocução de Conferencistas, respetivamente, houve também oportunidade para as mais diversas apresentações por parte dos presentes e entendidos da área.

Esta iniciativa contou com a presença de estudiosos reconhecidos na área, tal como o Professor e investigador, José Bragança de Miranda, que tomou a primeira palavra sobre o Ativismo em rede e o abordou numa perspetiva política. É possível ver os sinais do futuro no presente através das constelações em rede, sendo necessária a promoção de uma mudança proveniente da ligação em rede da política.

Fundador do Centro de Pesquisa ATOPOS, Massimo Di Felice, abordou a dimensão ecológica da Internet e analisa o processo de digitalização no qual o ser humano emerge. Relembrando a necessidade de conectar o não humano ao humano, reafirma que este Congresso é resultado de toda uma vasta e extensiva pesquisa de vários estudiosos desta temática que é tão recente.

No segundo dia do evento, Nico Carpentier abordou a complexidade da relação da sociedade com o Ativismo digital, explicando que é imprescindível entender a sociedade e as suas necessidades para poder estudar as redes digitais. Remeteu ainda para o problema atual que afeta as demais gerações: focar-se na inovação, esquecendo o existente.

Alberto Abruzzese abordou o papel do net-ativista como ser individual e enquanto profissional – estas duas perspetivas do Homem é unida através da Arte. Abordando a função do net-ativista como um sujeito moderno, foi complementado pelo Docente João Sousa Cardoso que perspetivou a sua visão do NetAtivismo enquanto artista e ser cultural. A comunicação artística é facilitada pela emergência de toda a era digital, segundo os palestrantes.

O Congresso terminou com uma mensagem de esperança e crença na produção de mais conhecimento e desenvolvimento relacionado com o NetAtivismo e tudo o que o mesmo envolve, agradecendo, primeiramente, o interesse de todos os presentes.

Maria Inês Moreira

Veja o vídeo do evento aqui.

 

Lido 558 vezes Modificado a 17/11/2015 - 16:00

Parceria

logo-parlamento

Acordo Ortográfico

Os suportes comunicacionais do LOC são produzidos ao abrigo das regras estabelecidas no Acordo Ortográfico de 1990 e posteriores protocolos modificativos.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS