Eventos

  • Próximos

  • Agenda

<<  Julho 2017  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Apelo a um «Compromisso de Lisboa»

Observatório para Liberdade Religiosa da Un. Lusófona propõe um «Compromisso de Lisboa» entre religiões para “valorizar o que é comum e construtivo, apesar das diferenças naturais entre credos, religiões e outros planos de consciência”.

Terminou esta sexta-feira, dia 6, o programa que assinalou em Lisboa a World Interfaith Harmony Week (WIHW) - Semana da Harmonia entre Religiões 2015, iniciativa anual, na primeira semana de fevereiro, por resolução aprovada na Assembleia-geral da ONU.

A semana foi acolhida pela Câmara Municipal de Lisboa, através do Gabinete Encruzilhada de Mundos, com a parceria do Observatório para a Liberdade Religiosa (OLR) da área de Ciência das Religiões da Un. Lusófona, que assumiu a responsabilidade dos conteúdos expositivos, animação e debates.

A coordenação do OLR faz um “balanço bastante positivo” da iniciativa, salientando “a importância da criação de espaços de encontro entre pessoas de credos diferentes”. As boas relações entre lideranças religiosas são conhecidas em Portugal, mas “falta trabalhar as bases, onde o diálogo se faz pela experiência concreta da relação, atenuando eventuais equívocos e despistando preconceitos”. Este é “um dos propósitos da criação do Observatório”.

A pensar já na Semana da Harmonia entre Religiões de 2016, propõe-se uma plataforma de diálogo “que não fique apenas pelas lideranças” e permita, num ano de trabalho e debate, a elaboração de uma “Carta de Compromisso inter-religioso, enquadrada nos Direitos Humanos, valorizando a cidadania e a participação”, para realçar "o que é essencial, comum e construtivo, apesar das diferenças naturais entre credos, religiões e outros planos de consciência”. O desafio para este «Compromisso de Lisboa» foi apresentado nesta sexta-feira, dia 6, aquando do debate Religião, Humor e Ofensa.

Com o apoio da área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, do gabinete do vereador Carlos Castro, do gabinete Lisboa Encruzilhada de Mundos da Câmara Municipal de Lisboa e do Parlamento Mundial das Religiões, o «Compromisso de Lisboa» pretende ainda ser um documento que "nos marque enquanto cultura", um "monumento ao trabalho de diálogo que nesta cidade se tem produzido, mas também um profundo desejo de ir mais longe na afirmação pública de um comprometimento perante toda a sociedade".

 

Lido 1518 vezes Modificado a 09/02/2015 - 14:11

Parceria

logo-parlamento

Acordo Ortográfico

Os suportes comunicacionais do LOC são produzidos ao abrigo das regras estabelecidas no Acordo Ortográfico de 1990 e posteriores protocolos modificativos.